domingo, 6 de Abril de 2014

NESTE PROJECTO NINGUÉM FICA DE FORA DE CAMPO.





Foto


O  LEMA DO  A DR TAROUQUENSE …  É ......

 PRIMEIRO FORMAR PARA DEPOIS COMPETIR


Hoje com raízes no relvado sintético da  Cidade de Tarouca, o emblema carismático do ADR TAROUQUENSE, continua a ser a imagem assinalável na promoção competitiva da modalidade Futebol 11. e que esta época com inteira justiça e valor volta ao convívio dos grandes do Distrito de Viseu. 
Há dez anos sem actividades de escalões jovens de formação, FERNANDO MENDONÇA , presidente do clube quer implantar novamente formação jovem no clube. Como  mentor deste projecto, a par dos treinadores que formam a sua equipa técnica, Professor/Treinador  JOÃO DIAS e o Treinador  ERNESTO SILVA, envolvidos, no ensino  do futebol através de um processo  metódico, evolutivo e sustentado capaz de revelar e potenciar as capacidades atléticas e técnicas dos jovens seja  no plano individual ou colectivo,  representam o núcleo duro de  um projecto desportivo de formação que conta já com três dezenas de  jovens, com idades compreendidas  entre os 14  e os 18 anos de idade.
O principal objectivo do AR TAROUQUENSE, visa proporcionar o melhor ensino  possível do jogo, no sentido de poder contribuir para o futuro dos que  querem ser um dia jogadores de futebol e poderem darem o seu contributo no escalão superior  “Sénior “.
ERNESTO SILVA, tem uma paixão  indisfarçável pelo ensino do futebol. Aos 57 anos, o Adjunto de João Dias, acumula a experiência de ter estado no clube nas épocas anteriores e nos projectos jovens do ADRT e sempre na linha da frente. Dai  ser a pessoa indicada  para garantir e iniciar novamente as camadas jovens, no ADR TAROUQUENSE  que   passou a  reunir todas as condições para proporcionar o arranque formativo e  o consequente acompanhamento  evolutivo dos atleta, tentando implementar métodos  que são consistentes ao longo do  processo evolutivo dos jovens e  que não passa por uma preparação  específica atendendo a um jogo,  mas sim no ensino do futebol para  competição.
Se Ernesto Silva  é uma espécie de  ‘treinador-omnipresente. Competente  no ensino e com base no seu conhecimento  e experiência, a sua missão é aperfeiçoar a condição táctica e  competitiva dos atletas», do projecto, seguindo a par e passo a evolução dos jovens.  e envolvendo-os constantemente semana a semana na  dinâmica desportiva.

Pela sua organização e qualidade de ensino, o  ADR TAROUQUENSE é um clube atractivo.
Neste sentido,  as portas do clube «estão  sempre abertas».«O NOSSO COMPROMISSO É DAR OPORTUNIDADES.
NESTE  PROJECTO NINGUÉM FICA DE FORA DE CAMPO.
   Estamos muito motivados … com o trabalho e  dedicação dos técnicos, que vem  a satisfação  e a alegria dos atletas de aprender o futebol  e no carinho e confiança  dos pais pelo projecto, que assenta  pertencer à família TAROUQUENSE»,  Clube que mantém  as portas abertas a todos os que  queiram reforçar esta geração. 


Enviado por Email.  de  ernestosilva.....

segunda-feira, 10 de Março de 2014

CAMPEÕES ZONA NORTE A.F. VISEU



O ADR Tarouquense garantiu hoje a subida à Divisão de Honra ao vencer em Lamelas pro duas bolas a zero. Quando faltam disputar quatro jogos na I Divisão Zona Norte os comandados de João Dias somam mais 15 pontos que o Lamelas que é o 2º classificado.

Nos 18 encontros já disputados o Tarouquense venceu 15, empatou 2 e perdeu apenas um, somando 47 pontos. Pertencem também à equipa de Tarouca a melhor defesa (14 golos sofridos) e o melhor ataque (47 golos marcados) da competição.

O Tarouquense fica agora à espera do desfecho da Zona Sul para saber quem vai ser o seu adversário na disputa do título de campeão da 1 Divisão.

segunda-feira, 24 de Fevereiro de 2014

CAPTAÇÃO DE JOVENS


TIREI DO FACE BOOK

É  DE EXTREMA IMPORTÂNCIA PARA O CLUBE

Se perguntarem a um jovem que desporto quer praticar. A imensa maioria diz  de primeira: “Jogador de futebol”.  
Pois então, os clubes tem de fazer a captação  o quanto antes, porque, com a precocidade cada vez maior nas categorias de base Juvenis ou  juniores , pode ser tarde demais. Aos 15 anos, nos grandes clubes por exemplo, um adolescente ainda sem pêlos no rosto é considerado velho para buscar o mundo de sonhos que uma bola é capaz de propiciar. Eu acrescento o difícil não é impossível, mas não faltam fatores que tornam raros o sucesso de quem sai da rua em busca de oportunidade a partir dos 14 /15  anos, uma vez que não teve alicerces de base mas mesmo assim temos que explorar o potencial desses jovens.
Os clubes com a situação actual do pais não dispõem de muitas verbas para ter jogadores oriundos de outros clubes pois tornam-se dispendiosos dai a formação ser um bom investimento de futuro e  um dos aspectos mais importantes de qualquer clube das distritais de futebol ( ou até profissional) está relacionado à captação de jovens talentos para dispor tal categoria de base de forma  a formar esses atletas para ingressarem na equipa Sénior.
Espero que este projecto váem frente para bem do nosso ADR TAROUQUENSE.....